Cartélico Vol.1: Conheça a História do Álbum!

O álbumCartélico Vol. 1 - Fronteira, Trago e Querência conta a história de um guri da fronteira, carregado de valores representativos daquela região, que chega para descobrir a si mesmo e um novo mundo em Porto Alegre.

O personagem é confrontado com seu passado, conhece paisagens, pessoas e sentimentos percorrendo, dentro e fora de si, um caminho que parece sem volta. Energiza-se conhecendo o amor, as festas, a tradição gaúcha do fogo de chão reencontrada na capital, a vida fervente da noite e, principalmente, pessoas e lugares que marcam sua passagem: o suposto pai verdadeiro; o antigo capataz da estância que agora busca vingança na capital; o amor bandido de uma meretriz; o assador de mil costelões...


 

Ao final, é confrontado com tudo que passou num turbilhão de experiências, e a revelação da sua história mostra que sempre é preciso buscar algo que dê sentido à vida, (cerveja?) e que o mundo de dentro é sempre maior do que o mundo de fora (mescalina?). Assim, o ciclo se fecha e a história volta para onde tudo começou. 

A proposta da banda para o álbum “Cartélico Vol. 1 - Fronteira, Trago e Querência” é uma produção que mistura rock e regionalismo e, com esse objetivo, buscamos fazer um disco ao mesmo tempo inovador e audacioso no cenário musical gaúcho e brasileiro.

A narrativa tem forte inspiração nas obras de Simões Lopes Neto, que usavam o regionalismo como pano de fundo para enfatizar a psicologia dos indivíduos, em seus dramas, ações e questionamentos adicionando é claro uma boa dose de cerveja, cachaça e cigarrinho do Diabo.  Deboche, álcool, fumaça, heavy metal, rock n' roll e regionalismo!


#AprecieSemModeração!

 

<img data-cke-saved-src="//s3.amazonaws.com/content.sitezoogle.com/u/173931/152c1f0d52f5b5ac6f89913a0d147bf0c56032f5/original/encarte-capa-contracapa.png?1497903234" src="//s3.amazonaws.com/content.sitezoogle.com/u/173931/152c1f0d52f5b5ac6f89913a0d147bf0c56032f5/original/encarte-capa-contracapa.png?1497903234" class="size_l justify_center border_">

Leave a comment

    Add comment