O Cartel da Cevada

Release Curto

Cartel da Cevada é rock direto, sem frescura!

Com um pé no metal e o outro na doidera o Cartel mistura elementos do rock setentista com a tradição gaúcha de contar causos e contos fantásticos. Absurdos e embriagados, sejam de cerveja e cachaça, sejam de psilocibina ou fumaça, o show do quarteto sempre é acompanhado pelo Diabo em pessoal e é garantia de algumas horas de rock e muita diversão.

Com 2 discos e 1 EP lançados o grupo acaba de gravar ao vivo um DvD no Teatro Renascença, em Porto Alegre. Já participou de diversos festivais entre eles o Cosquin Rock (Córdoba, Agentina), WatchuBaby (Marau, RS), Três Barras (Santa Maria), Rock na Praça (Esteio, RS), Matanza Fest (Porto Alegre), Na Mira do Rock (Frederico Westphallen, RS) Domingo no Parque (Araújo Vianna, Porto Alegre, RS), Rock n' Bira (Bar Opinião, Porto Alegre, RS) entre outros.

Já dividiu o palco com Bicho da Seda, Marcelo Nova, Pata de Elefante, Tequila Baby, Rosa Tattoada, Hibria, Matanza, Ugly Kid Joe, Acústicos e Valvulados, ZeroDoze, Crucified Barbara, No Te vá gustar, Charly Garcia, CJ Ramone, Las Pelotas, Babasonicos, Nonpalidece, Alma Fuerte, Logos, Horca entre tantos outros parceiros.

 

 

 

Release Longo

 

Cartel da Cevada significa rock 'n' roll. Sim, direto, sincero e sem frescuras.

O Cartel é uma mistura forte e única de influências musicais do rock setentista de bandas como Black Sabbath, Led Zeppelin e AC/DC, fundidas com a tradição regional gaúcha de contos e causos, onde a realidade e o fantástico se misturam.

Fundado em 2004, lançou sua primeira demo em 2005. No início de 2011 o primeiro disco do Cartel da Cevada foi lançado no formato SMD, tecnologia brasileira ambientalmente responsável.

Em fevereiro de 2011 a banda foi a única brasileira no Cosquin Rock, em Córdoba, Argentina, um dos maiores festivais de Rock da América do Sul. Em março de 2011, fez o lançamento oficial do disco no Showrrasco do Cartel, evento para mais de 500 pessoas com muito churrasco, trago e rock and roll. De lá para cá a banda vem detonando pelo américa latina afora, dividindo palco com Bicho da Seda, Marcelo Nova, Pata de Elefante, Tequila Baby, Rosa Tattoada, Hibria, Matanza, Ugly Kid Joe, Acústicos e Valvulados, ZeroDoze, It's All Red, dentre muitos outros parceiros. 

Em maio de 2012 o Cartel fez um
lançamento em dose dupla: “A Barbada” foi o single da banda e também a primeira cerveja artesanal totalmente pensada, produzida e pela banda.

Em outubro de 2013 foi a vez de “Lembranças de Melancia” lançado como single e também em lyric vídeo, e em fevereiro de 2014 o Cartel lançou o clipe de “O Diabo é da Fronteira”.

Em setembro de 2015, a banda lançou o EP "Guia Prático do Churrasqueiro das Galáxias".
 

Em 2016 lançamos o single "Enquanto a Ceva Não Gela "


Em 2017 demos um grande salto, que rompeu paradigmas e renovou as possibilidades da música: com apoio da Secretaria de Cultura do Município de Porto Alegre, gravamos o álbum “Cartélico Vol. 1 - Fronteira, Trago e Querência”. O disco conceitual conta com as participações de diversos músicos do cenário musical gaúcho, que emprestaram seu talento e suas vozes para os personagens da história. São eles: Neto Fagundes, Duda Calvin, Cristiano Wortmann, Carlos Carneiro, Izmália Ibias, Jacques Maciel, Leandro Pelotas Nunes, Iuri Sanson, Luciano Leães, entre outros... “Cartélico Vol. 1 - Fronteira, Trago e Querência” é uma produção que mistura o rock, o heavy metal e o regionalismo à uma boa dose de cerveja e de fumaça!

 

Ainda em 2017 no dia 30 de novembro fizemos a gravação do nosso primeiro DVD! O show rolou no Teatro Renascença, um dos maiores e mais signficantes teatros do estado do Rio Grande do Sul


-----
Gustavo Brigatti – Jornalista e colunista da Zero Hora
“Cartel da Cevada, mistura de Gildo de Freitas com Velhas Virgens e Big Four.
Quem conhece o quarteto sabe que ali não se faz concessão. É rock cervejeiro, boca suja, pesado, daqueles pra curtir ao vivo socando o ar e derramando bebida. 
Pra quem sabe o que é uma percanha, já teve vontade de ver o Tio Sam se engasgando com um pedaço de costela, sabe que o diabo vive na fronteira do Rio Grande do Sul ou coleciona experiências terríveis com mulheres de trato duvidoso!”

-----
Paulão – Vocalista da banda Velhas Virgens
"Ouvi o cd todo! Muito, muito legal!
O cd todo é pesado. Uma parede sonora poderosa em todas as faixas, guitarras cortantes, os vocais rasgados ás vezes me lembram o Gene Simmons do Kiss. Gosto das letras boemias e putanheiras... Belo disco de hard rock, letras consistentes em português, banda pesada e afiada. Grande disco, parabéns!”


CARTEL DA CEVADA é:
Igor Assunção | Vocais e guitarras
Nando Rosa | Guitarras
Leo Bacchi | Baixo
Alberto Andrade | Bateria
Santto Nerva | O Diabo



Aprecie sem moderação!
Porto Alegre | RS | Brasil
www.carteldacevada.org

Cartel da Cevada no Pampa Infernal por Fabio Alt

Cartel da Cevada no Pampa Infernal por Fabio Alt